Currículo Para Primeiro Emprego – Veja Como Preencher se te Falta Experiência Profissional

A busca pelo primeiro emprego é sem dúvidas uma tarefa árdua e difícil para os milhões de brasileiros que todos os anos entram na faixa de idade considerada como “ativa” para o trabalho.

E esta dificuldade se dá principalmente por conta de um fator determinante, que é a falta de experiência profissional naquela determinada função ou cargo que o jovem está pretendendo conquistar uma vaga.

Este é um verdadeiro paradoxo, pois se de um lado a maioria das empresas exigem experiência profissional comprovada em carteira de trabalho, por outro aquele recém chegado ao mercado está ávido por conseguir justamente sua primeira oportunidade.

A boa notícia para estes jovens fica por conta de um dado relevante, pois apesar de toda a dificuldade encontrada para entrar no mercado, muitas empresas e organizações dão preferência para a contratação de tais trabalhadores.

Esta preferência se deve muito ao fato de que, na visão de tais grupos empresariais, os jovens trabalhadores chegam até elas ainda “crus”, ou seja, sem vício “errado” algum, desta forma tais empresas podem ensinar na prática e moldar seus colaboradores do seu jeito e conforme necessidade, fato que vem se mostrando muito recompensador para as organizações.

O fato é que mesmo sem ter experiências profissionais anteriores, muitas atitudes do jovem candidato podem contribuir decisivamente para que o mesmo conquiste o tão sonhado primeiro emprego.

Uma destas atitudes citadas acima e que talvez seja de fundamental importância, é saber preencher corretamente um currículo para primeiro emprego, pois é através dele que se dará o primeiro contato entre você e os recrutadores das mais diversas empresas.

Tem dúvidas sobre o que preencher e deseja saber maiores informações que aumentem suas chances de conquistar uma colocação? Pois então acompanhe atentamente as dicas que reunimos na sequência.

Currículo Para Primeiro Emprego – Se Confeccionado Corretamente, Ele Será Decisivo Para Sua Conquista

Como dissemos anteriormente, hoje em dia ao se deparar com o currículo de um jovem ainda sem experiência, muitos selecionadores enxergam nele a possibilidade de lapidar um trabalhador conforme sua necessidade, mas para que isso aconteça, para que você chame atenção deles e se destaque em meio à multidão, é necessário alguns requisitos básicos no preenchimento do documento.

De forma geral, é fundamental que você coloque em destaque aquilo que tem de melhor, ou seja, qual sua formação escolar até o momento, quantos idiomas fala ou está estudando, quais cursos de formação profissional ou extra-curriculares relativos aquela área está fazendo, serviços voluntários que estiver participando também são excelentes para serem relatados e até mesmo quem sabe uma experiência fora do mercado formal pode ser relatada.

Portanto, ao preencher seu currículo para primeiro emprego, busque evidenciar no mesmo para que os selecionadores vejam, possíveis “bicos” ou pequenos trabalhos feitos em uma empresa familiar, em organização de pequenos eventos, trabalhos temporários e esporádicos, entre outros. Saiba que tais atitudes são extremamente valorizadas pelos profissionais de RH, pois demonstram sua garra, energia, força e vontade de trabalhar.

Para aqueles profissionais que estão recém saídos das universidades, uma boa dica diz respeito à inclusão no currículo de participação em programas de voluntariado, como dito anteriormente, além de experiências enriquecedoras conquistadas através de um intercâmbio, pois tais atitudes novamente demonstram seu interesse contínuo por aprendizagem e adaptação.

Sua participação em projetos de iniciação científica, seu trabalho de conclusão de curso (TCC) ou ainda sua atuação em empresa júnior da faculdade, também podem e devem ser mencionadas, pois demonstram um pouco de sua vivência com a área pretendida.

Como “Agradar” os Recrutadores e Aumentar suas Chances

Um erro muito comum cometido ainda hoje até mesmo por profissionais experientes, é o preenchimento do currículo com informações desnecessárias para um primeiro contato, pois muitos acreditam que quanto mais informações melhor. Neste caso não, pelo contrário, lembre-se:”menos é sempre mais”.

As pessoas que trabalham em Recursos Humanos recebem diariamente centenas ou milhares de currículos para analisarem, portanto, quanto mais conciso e direto você for, maiores serão suas chances de ser chamado para uma entrevista de emprego, pois currículos muito cheios, de duas páginas ou mais, não são nem lidos.

Em artigos anteriores, trouxemos excelentes dicas sobre como fazer um bom currículo, como se comportar e o que evitar durante a entrevista de emprego e ainda dicas sobre como informar corretamente sua pretensão no campo “objetivo profissional“. Leia atentamente estas dicas pois elas poderão fazer toda diferença em sua aprovação.

Recomendamos mais uma vez que você seja direto e totalmente sincero em suas colocações, jamais minta ou omita qualquer informação pois os recrutadores são altamente capacitados a encontrar qualquer incoerência em sua entrevista, e se isso acontecer, você será automaticamente descartado do processo.

Por fim, se você tem idade entre 14 e 24 anos e está em busca deste tão sonhado primeiro emprego, saiba que o Programa Jovem Aprendiz é uma excelente ferramenta para inclusão de jovens no mercado de trabalho, portanto, se você ainda não o conhece, clique no link contido no nome do Programa e veja como encontrar e se inscrever para milhares de vagas oferecidas através do mesmo.

No vídeo abaixo, assista mais dicas práticas sobre o tema que podem contribuir com sua conquista:

Esperamos que as dicas que reunimos aqui sobre currículo para primeiro emprego tenham lhe sido uteis, porém, caso tenha restado qualquer dúvida sobre o tema, nos envie um comentário abaixo, pois muito rapidamente responderemos a todos nossos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *