Como Emagrecer Dietas Saúde

Como Fazer a Dieta dos Carboidratos – Quais Alimentos São Permitidos e Proibidos

Mais do que uma questão de estética, ter obesidade e buscar formas de emagrecer é uma verdadeira busca por vida e saúde, pois, conforme as mais recentes pesquisas apontam, a obesidade trás para as pessoas uma série de doenças e síndromes que comprometem a saúde e o bem estar das mesmas.

Porém, apesar da preocupação com a saúde dever ser a prioridade, muitas pessoas buscam emagrecer de forma rápida, e é justamente ai que mora o erro e o perigo, pois nesta busca desenfreada por uma fórmula “mágica”, acabam apostando em dietas malucas e mirabolantes, que trazem como resultado somente frustração e na maioria das vezes, quilinhos extras em dobro.

O fato é que, quem realmente deseja alcançar excelentes e duradouros resultados, deve apostar naquela velha e tradicional “fórmula” recomendada pelos nutricionistas e médicos, que é apostar na transformação dos hábitos de vida, trazendo coisas novas como alimentação saudável, livre de exageros e comidas em excesso que fazem mal, como frituras, açucares, refrigerantes, doces, entre outros, e é claro, acrescentando atividades físicas para fugir do sedentarismo.

Fazendo portanto uma correta reeducação alimentar fornecida por um profissional, comendo de três em três horas, experimentando todos os grupos alimentares, mastigando sem pressa os alimentos, aliado à uma caminhada por exemplo ou outro exercício qualquer que um educador físico recomende, com certeza entraremos na melhor forma rapidamente.

Reeducação Alimentar

 

Apesar disso tudo que foi dito acima, muitas pessoas não tem paciência ou disciplina, e preferem apostar em dietas famosas para emagrecer, e uma delas é a dieta dos carboidratos criada pelo Doutor Atkins, que consiste basicamente na retirada completa ou na drástica diminuição na ingestão de carboidratos em nossa alimentação.

Os carboidratos, falando de forma resumida, são os compostos que nos fornecem energia para realizarmos nossas atividades do dia-a-dia e são importantíssimos de serem consumidos para que tenhamos uma alimentação saudável.

E é justamente esta importância que suscita uma grande discussão entre os defensores desta dieta “zero carboidrato”, daqueles que acreditam ser extremamente perigosa a realização da mesma.

De forma geral, os nutricionistas não a recomendam de forma alguma, já alguns médicos, para pacientes que precisam perder muito peso, a recomendam de forma controlada, junto de remédios para emagrecer ou controlar a ansiedade.

Como Funciona a Dieta dos Carboidratos?

Apesar de serem indispensáveis para o bom funcionamento do nosso organismo, os carboidratos acabam se “transformando” em massa ou gordura corporal, fato que nos leva a engordar ou adquirir sobrepeso.

Este “regime do carboidrato” se baseia portanto na retirada ou diminuição drástica no consumo de carboidratos, trocando-os por alimentos que não possuem carboidratos ou que possuam pequena quantidade.

A intenção é oferecer ao organismo menores índices de liberação de açúcar e de formação de massa. Desta forma ele consegue trabalhar com menor dificuldade, “expulsando” aquilo que lhe faz mal (as impurezas) e mantendo o que é bom e saudável para ele.

Primeira Etapa

É mais difícil pois aqui eliminamos quase que completamente o consumo de carboidratos durante as refeições, obrigando nosso organismo consumir gordura. Sua duração gira em torno de 2 dias, para a maioria das pessoas, e em alguns casos pode se estender a 3 dias.

Logo que o estoque de carboidrato acaba, as células passam a consumir gordura na forma de corpos cetônicos por um processo chamado cetogênese, resultando em perda de peso.

Como esses compostos, em excesso, podem ser perigosos e levar a um quadro de cetoacidose, o recomendado é que a dieta dos carboidratos não seja mantida por longos períodos.

Segunda Etapa

Nesta etapa se inicia a cetogênese, fato que dura até o final da primeira quinzena da dieta, onde o consumo de carboidratos ainda é evitado, porém há uma tolerância para a ingestão de até 20 gramas dessa substância por dia, o correspondente à mais ou menos 10% da necessidade normal do organismo.

Terceira Etapa

Por fim, ao chegarmos nesta fase temos a liberação do consumo de frutas, desde que as mesmas sejam compostas por menos de 10% de carboidratos, o que “facilita” um pouco a dieta sem carboidratos.

Alimentos Permitidos e Proibidos Durante as Fases da Dieta

Proibidos

É totalmente proibido o consumo de arroz, feijão, bolachas, açúcar, farinhas, mandioca, achocolatados, sagu, batatas, apresuntados, beterraba, ervilha, queijos, milho-verde, massas, entre outros.

Após os 15 primeiros dias, deixam de ser proibidas algumas frutas com baixos índices de carboidratos, como o abacate, abacaxi, caju, carambola, castanha-do-pará, figo, goiaba, jaca, limão, maracujá, melão, morango e pêssego.

Permitidos

É liberado para consumo à vontade alimentos como os vegetais, como cebola, pimentão, tomate, abobrinha, folhas em geral, berinjela, couve-flor, brócolis, vagem e repolho, os queijos industrializados (30g por dia), as proteínas como carnes e ovos, e demais alimentos como manteiga, azeite, banha de porco, óleo, etc.

Para finalizar as informações que reunimos aqui sobre a dieta dos carboidratos, gostaríamos de ressaltar que você jamais deve iniciar uma dieta desta sem o auxílio ou recomendação médica ou de um nutricionista, pois como vimos, a eliminação do consumo de carboidratos da alimentação pode trazer muitos riscos e danos à saúde, é justamente por isso que não nos aprofundaremos em dicas de cardápios e tudo mais.

Não deixe portanto de procurar um profissional, pois somente ele é capacitado para te indicar esta dieta, se for o caso, e é claro, indicar alimentos propícios e um cardápio individual voltado às suas necessidades.

De preferência, recomendamos que você não opte por “dietas” de forma geral, pois elas são programações que duram um certo tempo e não nos trazem crescimento ou aprendizado, assim, ao término delas, voltamos a engordar novamente, pois não aprendemos a comer de forma adequada.

O que fará realmente você perder peso de forma duradoura e com saúde, é a adoção de hábitos de vida saudáveis, como reeducação alimentar e prática de exercícios físicos controlados.

Sobre o autor

Redator

Deixa um Comentário